segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Para Ler e Pensar


Não vivas somente para este momento.

Sê conseqüente em tudo o que disseres.

Em tudo o que fizeres, sê coerente.

***
Exercita-te nesta espiritualidade: amar e viver na verdade.

***
Tu vives para a eternidade que já se iniciou no teu presente.

***
Há coisas que não podem ser vendidas. Há coisas que nunca poderão ser compradas.

***
Há coisas que não precisam ser faladas; mesmo no silêncio, já foram ditas.

***

Não uses de parcimônia com a bondade.

***

Sê misericordioso como em teu Pai misericórdia já encontraste.

***
Não sejas tu o derradeiro a procurar e viver a verdade por primeiro.

***
Não somente para o imediato foste criado.

***

Lembra-te de que a conseqüência é tudo o que se segue a qualquer ato.

***
Há coisas que servem por um momento, mas, no mais íntimo, não satisfazem.

***
Viver coerentemente já tem sua cota de sofrimento.

***
Só o amor constitui e restitui a unidade.

***
Sê, de constante, agradecido.

***
Por nada, sejas ingrato; nem na dor, nem no desamor.

***
Por nada e nem por ninguém, sejas, tu, subjugado.

***
Só uma coisa me causa medo, só uma coisa me assusta: pecar.

***
Em ti, está a medida dos riscos que podem vir.

***
Os que não amam pagam por isso um alto preço.

***
O que enxergas depende de teu olhar.

***
Todo desamor é pecado.

***
Toda dor tem seu aprendizado.

***
Tudo pode estar por um triz.

***
Para que a manhã possa chegar, é preciso que, pela travessia de uma noite, tenhas que passar.

***
Às claras, um dia, tudo se revelará.

***
Tudo tem os dois lados.

***
Amar traz consigo uma cota de dor.

***
Há pessoas que olham a vida pelo retrovisor.

***
Há sonhos que nunca foram sonhados; são projetos do possível, mas não realizado.

***
Para um breve tempo, nascemos; para uma eternidade, haveremos de viver.

***
A dor é mais doída quando machucada.

***
Todos têm seus ímpares; poucos têm seus pares.

***
Um traço é formado por uma seqüência de pontos.

***
O melhor da vida é viver.

***
Muito se pode dizer sem falar.

***
Entre duas margens, todo aguaceiro é rio.

***
Boi, com sede, bebe lama.

***
De tudo, fica um pouco.

***
Luz demais cega.

***
Apesar de tudo, é preciso viver.

***
A água tem mais sabor na sede.

***
Na dúvida, não ultrapasses. Observa sempre esse sinal.

***
Nem só quem consente cala.

***
Próximo não quer dizer perto; distante não quer dizer longe.

***
Ver é menos que enxergar; é mais que, simplesmente, olhar.

***
Dar não é sinônimo de doar.

***
Acatar não significa aceitar.

***
Mente pouco quem toda a verdade diz.

***
Entre o certo e o conveniente, há quem prefira o conveniente.

***
Por baixo de gelo, germinam flores.

***
Nem todo avanço é progresso.

***
Nem todo riso é alegria.

***
Nem todo pranto é saudade.

***
Nem toda divisão é partilha.

***
Nem toda saudação é amizade.

***
Nem todo estar junto é estar perto.

***
Nem toda evidência é prova.

***
Nem todo falar é dizer.

***
Nem todo acreditar é crer.

***
Nem todo entender é compreender.

***
Nem todo passado é ausente.

***
Quem nega a verdade mente.

***
Nem todo perdão é esquecimento.

***
Nem todo óbvio é evidente.

***
Nem tudo o que é oportuno apraz.

***
Nem tudo o que sacia satisfaz.

***
Nem tudo o que tranqüiliza traz paz.

***
Nem tudo o que controla põe ordem.

***
Nem todo enxergar é ver.

***
Nem todo existir é viver.

***
Nem todo escutar é ouvir.

***
Nem todo perceber é sentir.

***
Nem todo afirmar é dizer.

***
Não se pode ter tudo o que se quer, mas se pode amar tudo o que se tem.

***
Em tudo o que se faz há um risco.

***
Nem tudo veio para eternamente permanecer.

***
Tão importante quanto conseguir é saber manter.

***
É tão importante buscar quanto não vir a perder.

***
Depois que tudo tiver passado, algo ainda restará.

***
Existem os que sabem e negam saber.

***
Existem os que fazem para negar.

***
Existe um saber que não quer saber.

***
Há um fazer que expressa um não saber.

***
Existem os que sabem, mas fazem por não fazer.

***
Há um saber que ignora o que não sabe fazer.

***

Existe um não querer fazer o que se faz.


***

Existe um dizer que nega.


***

Há os que, mesmo negando, dizem.


***

Existem os que dão como quem recebe.


***

Toda traição surge de dentro.


***

Todo aquele que decide faz uma cisão.


***

Desertos, o que são?
De quem? De quê? Desertos por quem?
Desertos por quê?


***

Após os limites, surgem as inundações.


***
Desertos deixam marcas; enxurradas também.

***

Há aqueles com quem nunca deveríamos ter nos encontrado; há aqueles quem há muito deveríamos ter conhecido.

***

A paisagem muda, mas o rio é o mesmo.

***

Depois de tudo ter passado, só o amor permanecerá.

***

 Há coisas que nunca foram faladas, porém sempre foram ditas.

***
Airton Freire de Lima

Um comentário:

Anônimo disse...

mariavilhoso seu blog, um ensinamento verdadeiro.
parabéns!!!!!