segunda-feira, 6 de outubro de 2014

A Graça dos 54 dias de Terço

Coríntios 10; 12 -30
12. Portanto, quem pensa estar de pé veja que não caia. 13. Não vos sobreveio tentação alguma que ultrapassasse as forças humanas. Deus é fiel: não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, mas com a tentação ele vos dará os meios de suportá-la e sairdes dela. 14. Portanto, caríssimos meus, fugi da idolatria. 15. Falo como a pessoas sensatas; julgai vós mesmos o que digo. 16. O cálice de bênção, que benzemos, não é a comunhão do sangue de Cristo? E o pão, que partimos, não é a comunhão do corpo de Cristo? 17. Uma vez que há um único pão, nós, embora sendo muitos, formamos um só corpo, porque todos nós comungamos do mesmo pão. 18. Considerai Israel segundo a carne: não entram em comunhão com o altar os que comem as vítimas? 19. Que quero afirmar com isto? Que a carne sacrificada aos ídolos ou o próprio ídolo são alguma coisa? 20. Não! As coisas que os pagãos sacrificam, sacrificam-nas a demônios e não a Deus. E eu não quero que tenhais comunhão com os demônios. 21. Não podeis beber ao mesmo tempo o cálice do Senhor e o cálice dos demônios. Não podeis participar ao mesmo tempo da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. 22. Ou queremos provocar a ira do Senhor? Acaso somos mais fortes do que ele? 23. Tudo é permitido, mas nem tudo é oportuno. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica. 24. Ninguém busque o seu interesse, mas o do próximo. 25. Comei de tudo o que se vende no açougue, sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência. 26. Do Senhor é a terra e tudo que ela encerra. 27. Se algum infiel vos convidar e quiserdes ir, comei de tudo o que se vos puser diante sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência. 28. Mas se alguém disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não o comais, em atenção àquele que o advertiu e por motivo de consciência. 29. Dizendo consciência, refiro-me não à tua, mas à do outro. Com efeito, por que razão seria regulada a minha liberdade pela consciência alheia? 30. Se eu como com ações de graças, por que serei eu censurado por causa do alimento pelo qual rendo graças?

            Nós precisamos fazer disciplina de oração. O que o demônio mais quer é gente longe de Nossa Senhora. A oração do terço é importante para manter o homem e a mulher cheios do Espirito Santo, eu tenho tido experiências belíssimas com o rosário. Se o ser humano soubesse o que é rezar todos os dias o Santo Rosário, ele não deixaria de reza-lo.

            Há estou com preguiça de rezar, mais preguiça é um pecado capital, então eu não posso deixar que a preguiça vença do meu desejo de orar, e quando você não esta com vontade de rezar, aí que você tem que rezar. É melhor rezar um terço com fidelidade todos os dias.

            São muitos os milagres que acontecem através da fidelidade na oração dos “54 dias de terço”, muitas coisas boas.

            Quando Nossa Senhora entra na vida do Ser Humano, ela muda a história, ela muda completamente o rumo. Nossa Senhora precisa permanecer na sua casa, nem que seja para você reunir a sua família no dia de Nossa Senhora para vocês rezarem o terço.

            Quanto mais eu rezo as Ave Maria, mais sensibilidade eu tenho de entender o caminho de Deus na minha vida.

Nenhum comentário: